Setor de tratamentos de superfície prevê recuperação do mercado em 2018

Em setembro, a ABTS, em parceria com a Cipa fiera Milano, realiza o 16º Ebrats (Encontro e Exposição Brasileira de Tratamentos de Superfície), em São Paulo, com objetivo de debater saídas para o setor de tratamentos de superfície que movimenta entre US$ 55 milhões e US$ 65 milhões ao ano em processos, e apresentar as novidades tecnológicas. “Isso desperta maior interesse dos fornecedores, prestadores de serviços relacionados à nossa área. Assim como das empresas usuárias, que vão desde fabricantes de parafuso até os de placas de circuito impresso”, afirma o diretor geral da Anion MacDermid e presidente da ABTS, Airi Zanini.

E o interesse pelo Ebrats é grande. Até o momento já foram comercializados 80% dos estandes para empresas dos setores de matéria prima, produtos químicos e equipamentos, sendo que empresas chinesas estarão pela primeira vez na feira.

Zanini afirma, inclusive, que a Anion MacDermid estará na feira com produtos focados na necessidade do mercado, que são qualidade, meio ambiente, custo-benefício e produtividade. “Estamos atentos aos maiores clientes do setor, que são a indústria automobilística e o mercado da construção civil, bastante sustentáveis no que diz respeito a tratamentos de superfície e também oferecem as tendências que precisamos seguir”, explica.

FONTE:BLOG VISITE SÃO PAULO
DATA: 23/07/18


Veja também...